Como a cafeína pode afetar o cérebro de um TDAH?

A cafeína é uma substância estimulante do Sistema Nervoso Central. É muito comum pacientes com TDAH sem tratamento, passarem a se "auto medicar " com cafeína para melhorar o foco nos estudos e trabalho. 
Temos que ficar muito atentos aos pacientes adultos que diagnosticamos e iniciamos o tratamento medicamentoso com psicoestimulantes. Isto porque por já ter o hábito de tomar cafeína haverá um sinergismo. 
E por que não se usa cafeína para tratar o TDAH? 
A cafeína leva a problemas de ansiedade, insônia e irritabilidade. A sua eficácia dura muito pouco tempo, o que faz a pessoa cada vez mais aumentar a quantidade ingerida e reduzir os intervalos entre uma dose e outra. Com isso, torna-se muito viciante e pode trazer outros efeitos colaterais. 
Além disso, sua redução ou suspensão traz efeitos de abstinência, como tremores e cefaleia (dores de cabeça). 
Por isso, não existem investimentos em pesquisas a longo prazo do uso da cafeína em pacientes com TDAH porque já se sabe do grande risco de vício e todos os malefícios de altas doses de cafeína no organismo.




Comentários

Postagens mais visitadas