Suicídio na Infância e Adolescência

Nos últimos dez anos tem aumentado a freqüência de suicídio na adolescência em todo o mundo. Trata-se da terceira causa de morte mais comum nessa faixa etária. Estudos demonstram que 98% têm uma doença mental na época do evento. O que preocupa bastante é que vários outros artigos publicados referem que 70% das crianças e adolescentes possuem doença mental não diagnosticada ou não tratada adequadamente.
A OMS (Organização Mundial de Saúde) estima que a cada vinte segundos uma pessoa morre por suicídio. Devemos imaginar que existe uma freqüência muito maior de tentativas de suicídio e que familiares e amigos tendem a esconder, por vergonha ou culpa. No Brasil não sabemos o certo de prevalência do suicídio porque a maioria não preenche a causa determinada de morte.
Sabe-se que a freqüência dos adolescentes do sexo masculino  é quatro vezes maior do que nas meninas. Mas também se sabe que elas tentam suicídio em maior freqüência , mas com formas mais leves e sem sucesso que os do sexo masculino. Talvez a causa dessa diferença seja a patologia envolvida. As meninas geralmente sofrem de depressão, tentam suicídio com ingesta de medicamentos, dando tempo da família buscar auxílio. Já os meninos têm com freqüência dependência de uso de drogas, alteração de conduta, associado a alteração do humor. Nesse caso procuram formas mais violentas como armas de fogo, enforcamento e se jogam de uma grande altura.
O período mais comum de ocorrência de suicídio é no final da adolescência e início da vida adulta. Nos adolescentes a taxa de suicídio vem aumentando muito, mundialmente.  No Brasil essa taxa aumentou 20 vezes nos últimos 10 anos. Sabe-se que a maior parte dos atendimentos de emergência psiquiátrica em centros especializados em crianças e adolescentes é a ideação com tentativa de suicídio.
Todos devemos estar atentos às mudanças de comportamento das crianças e adolescentes, buscando uma avaliação médica e diminuindo essa triste estatística fornecida pela OMS.

Comentários

Postagens mais visitadas